INSTITUCIONAL

O Instituto Brasileiro de Atuária (IBA) é uma sociedade civil e sem fins lucrativos. Tem por objetivos: incentivar e proporcionar a pesquisa, o desenvolvimento e o aperfeiçoamento da ciência e da tecnologia dos fatos aleatórios de natureza econômica, financeira e biométrica, em todos os seus aspectos e aplicações; colaborar com as instituições de seguro, saúde e capitalização, previdência social e complementar, organizações bancárias e congêneres; e, cooperar com o Estado, no campo de atuação do profissional de atuária e na implementação da técnica atuarial.

 

Conheça nossa Missão, Visão e Valores:

# MISSÃO

Propagar a profissão proporcionar a pesquisa no segmento da atuária e promover a defesa das prerrogativas do sócio.

# VISÃO

Ampliar o elenco de serviços oferecidos ao sócio, incluindo recursos de capacitação, e ser a principal referência como fomentador da ciência atuarial.

# VALORES

► Cooperação;

► Ética;

► Excelência;

► Foco no sócio;

► Integridade;

► Inovação;

►Transparência.

 

Organização 

Para que isso seja possível, o IBA conta com várias Comissões de trabalho e Comitês Técnicos que se reúnem, periodicamente, em sua sede para discutir questões técnicas e auxiliar na tomada de decisões.


 

Distribuição geográfica de atuários no Brasil

Dados de divulgados durante a Assembleia Geral Ordinária (Abril 2020)

 

Nossa História

Os Primórdios do IBA - Evolução da Atuária

ANO 1941

Surge a 1ª publicação oficial de textos atuariais no Brasil, em decorrência do Decreto Lei que instituiu a Atuária no então Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. Esse documento surgiu no início de 1941, com o nome de "Revista Brasileira de Atuária", sendo prefaciada da seguinte forma pelo então presidente da República, Getúlio Vargas:

"A atuária como técnica especializada indispensável ao êxito das organizações de Previdência Social é, geralmente, pouco conhecida pelo público que colhe os benefícios de sua aplicação. É, pois, digna de aplausos a iniciativa da publicação da "Revista Brasileira de Atuária", que tem por objetivo, no nosso país e no estrangeiro, a vulgarização dos elementos fundamentais dessa ciência, e de louvores o esclarecido esforço de seus paladinos, colaboradores do bem estar social no Brasil".

Petrópolis, 24 de março de 1941.

Getúlio Vargas.


ANO 1944
As publicações da Revista Brasileira de Atuária surtiram um efeito positivo na sociedade brasileira. Por isso, pesquisadores e matemáticos envolvidos com os temas e os trabalhos de natureza atuarial resolvem fundar o Instituto Brasileiro de Atuária (IBA). O objetivo maior do grupo foi ampliar o campo das pesquisas atuariais. A criação propriamente dita da organização foi certificada em sua Ata de Constituição, de 14 de setembro de 1944 e publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 9 de dezembro de 1944 - Seção I - páginas 20729 a 20731. O documento retratou a reunião realizada às 16 horas, do referido dia, no auditório do Edifício Sede do Instituto de Resseguros do Brasil (IRB), situado à Rua Marechal Câmara, 159 - Centro - Rio de Janeiro - RJ.

Essa reunião foi presidida pelo professor Abrahão Izecksohn e foi aberta pelo engenheiro civil João Carlos Vidal, então presidente do IRB (entidade que se tornaria Sócio Benemérito nº 1 pelo relevante apoio à criação do IBA. Durante este encontro, o professor Lino Leal de Sá foi designado, por aclamação, para ser o 1º presidente do Instituto Brasileiro de Atuária.

 

Veja a relação dos ex-presidentes do IBA

ANO    

PRESIDENTE

1944

Lino Leal de Sá  Pereira

1946

Plinio Reis de Cantahede Almeida

1948

René Célestin Scholastique

1950

Gastão Quartin Pinto de Moura

1952

Paulo Leopoldo Pereira da Câmara

1954

Paulo Leopoldo Pereira da Câmara

1956

Gastão Quartin Pinto de Moura

1858

Renê Celestin Scholastique

1960

Renê Celestin Scholastique

1962

Carlos Augusto Leal Jourdan

1964

João José de Souza Mendes

1966

Gilberto Lyra da Silva

1968

Mário Trindade

1970

Mário Trindade

1972

José Américo Peon de Sá

1974

Rio Nogueira

1976

Rio Nogueira

1978

Gastão Guartin Pinto de Moura

1980

Hilton Van Der Linden

1982

João José de Souza Mendes

1984

João José de Souza Mendes

1986

Edmund Alves Abib

1988

José Roberto Santos Montello

1990

José Roberto Santos Montello

1992

Sérgio Aureliano Machado da Silva

1994

Roberto Westenberger

1996

Newton Cezar Conde

1998

Luiz Ernesto Both

2000

Luiz Ernesto Both

2002

Sergio Aureliano Machado da Silva

2004

Luiz Alberto Garcia Alvernaz

2006

Daniela Rezende Furtado de Mendonça  

2008

Natalie Haanwinckel Hurtado

2010

Luiz Ernesto Both

2012

Flavio Vieira Machado da Cunha Castro

2014

Flavio Vieira Machado da Cunha Castro

2016

Flavio Vieira Machado da Cunha Castro / Luciana Bastos

Atual

 CLIQUE AQUI